Tatiana Belinky deixou mais de 250 livros infanto-juvenis

Foto de Zanone Fraissat para Folhapress

Não foi apenas como autora que a russa Tatiana Belinky, que veio para o Brasil ainda criança, contribuiu para o público infantil. O Sítio do Picapau Amarelo, de Monteiro Lobato, foi a sua primeira adaptação para um programa de Televisão, em parceria com o marido, Julio Gouveia.

A escritora publicou mais de 200 livros, entre eles o autobiográfico Transplante de Menina - Da Rua dos Navios à Rua Jaguaribe, e o livro de poemas Limeriques do Bípede Apaixonado, entre os prediletos da autora. Premiada com diversos títulos educacionais, a autora também escreveu críticas literárias para diversos jornais, como O Estado de S.Paulo, Folha de São Paulo Jornal da Tarde.

Até pouco tempo antes de falecer, no dia 15 de junho de 2013, em São Paulo, aos 94 anos de idade, Tatiana escrevia todos os dias. Não usava computador, preferia escrever à mão.